Carin Primavesi

Carin Primavesi é psicopedagoga e psicanalista e trabalha com crianças de um a cinco anos em educação infantil e de cinco anos a adultos no Kumon. Autora do livro Déficit de Atenção tem Solução, ela aborda os mais diversos assuntos relacionados à psicologia e comportamento.

O bebê deve dormir em seu quarto

Para efeitos psíquicos saudáveis, o filho deve dormir em seu quarto, sozinho,  em qualquer idade.

Dormindo com os pais, a criança:

1. Fica mais chorosa,

2.  É mais dependente e menos  autônoma,

3. Torna-se emocionalmente infantilizada (cresce, mas age como criança pequena, como bebezinho),

4. Possui um  sistema nervoso fragilizado,

5. Não dorme direito, diminuindo a produção dos hormônios como o do crescimento que também repara as células danificadas, produzido especialmente à noite dormindo bem.

6.  Fica com memória prejudicada,

7.  Sabota a desintoxicação do corpo que ocorre em determinados horários noturnos, dormindo no escuro.

8. Não se interessa em aprender,

9. Apresenta dificuldades de aprendizagem na escola.

Criança que desde cedo na vida aprendeu a dormir em seu quarto, sozinha  e no escuro:

1. É mais alegre,

2. Possui mais independência e iniciativa,

3. Possui sistema nervoso mais forte,

4. Dorme a noite toda bem, facilitando a produção de hormônios  que ajudam combater infecções e aumentam a imunidade, estimulam o crescimento,  regeneram as células.  Dormindo cedo da noite e sem interrupção, novos caminhos de aprendizado e memória são codificados no cérebro.

5. Possui  memória boa,

6. Tem interesse maior em aprender,

7. Tem mais chance de ir bem na escola.

8. O corpo tem a possibilidade de se desintoxicar dos poluentes do ar, água, alimentação (agrotóxicos e outros) e medicamentos.

9. Possui um equilíbrio emocional bom durante a vida.

Um sono reparador é uma das bases de uma vida feliz e de sucesso. Um bom sono a todos!

erikson.bezerra@myagencia.com.br'

Carin Primavesi

Carin Primavesi é psicopedagoga e psicanalista e trabalha com crianças de um a cinco anos em educação infantil e de cinco anos a adultos no Kumon. Autora do livro Déficit de Atenção tem Solução, ela aborda os mais diversos assuntos relacionados à psicologia e comportamento.