Bartira Betini

Bartira Betini é jornalista formada pela Cásper Líbero em 1996 e passagens por veículos como TV Globo, Diario de São Paulo e Grupo Estado. É mãe da Sofia de 6 anos e desde a gravidez trabalha como repórter free lance escrevendo sobre educação, comportamento e variedades, entre outros temas. “Ser mãe é um universo único que me coloca em contato com situações inusitadas. Escrever sobre temas do dia a dia infantil é algo prazeroso porque aprendo com minha pequena e posso colocar em prática, ajudando outras pessoas”.

Mal-estar na gravidez: sintomas da hiperemese gravídica

Quando a mulher vomita demais, não consegue se alimentar e beber água e escovar os dentes gera enjoo, ela pode ter hiperemese gravídica que é caracterizada pelo aumento excessivo de náuseas e vômitos durante a gravidez. Também ocorre no primeiro trimestre da gestação, mas pode se estender até 20 semanas.

Esse distúrbio acontece porque o HCG, hormônio produzido na gestação, causam mais sensibilidade em algumas mulheres. Grávidas de gêmeos, que a quantidade de HCG é bastante aumentada, é mais frequente ter hiperemese gravídica.

A base do tratamento é a alimentação fracionada e balanceada, o uso de antieméticos e sintomáticos, sempre com orientação médica. Deve-se combater e evitar a desidratação. Em casos mais graves algumas mulheres não conseguem se alimentar, pois tudo que ingerem causa náusea e vômito. “Em casos assim é necessária a internação para compensar a desidratação e para controle de sintomas com medicação endovenosa”, explica o ginecologista Ricardo Luba.

“O mais importante de tudo é o acompanhamento com o médico obstetra, pois ele vai direcionar o tratamento. Um erro bem frequente cometido pelas gestantes é o de tomar muito líquido para evitar a desidratação. O excesso de líquido facilita a ocorrência de vômitos. Para evitar a desidratação e impedir o excesso de vômitos, o ideal é preferir alimentos sólidos, como pão, bolacha de agua e sal, e ingerir pequenas quantidades de líquido várias vezes ao dia”, conclui Ricardo.

vitor.romera@myagencia.com.br'

Bartira Betini

Bartira Betini é jornalista formada pela Cásper Líbero em 1996 e passagens por veículos como TV Globo, Diario de São Paulo e Grupo Estado. É mãe da Sofia de 6 anos e desde a gravidez trabalha como repórter free lance escrevendo sobre educação, comportamento e variedades, entre outros temas. “Ser mãe é um universo único que me coloca em contato com situações inusitadas. Escrever sobre temas do dia a dia infantil é algo prazeroso porque aprendo com minha pequena e posso colocar em prática, ajudando outras pessoas”.